Carta de Noticia de Angola - Polícias detidos após a morte de sexagenário na esquadra da Maianga
 


Polícias detidos após a morte de sexagenário na esquadra da Maianga

Nov. 24, 2017

Dois agentes da Polícia Nacional estão preventivamente detidos, desde segunda-feira, depois da morte de um cidadão, de 62 anos, que terá sido vítima de espancamento numa esquadra do distrito urbano da Maianga, município de Luanda.

A morte do sexagenário ocorreu domingo depois de ter sido levado à esquadra por um amigo, a quem estava a dever 120 mil kwanzas, dinheiro que o queixoso decidiu reaver com a intervenção policial, apresentando uma queixa por burla.
Abordado pela Angop, o director do Gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa da delegação provincial do Ministério do Interior, intendente-chefe Mateus Rodrigues, confirmou a morte do cidadão e informou ter sido aberto um inquérito.

O oficial da Polícia Nacional adiantou que, se ficar provado o envolvimento dos dois agentes, estes vão ser punidos de acordo com a Lei Militar vigente em Angola, por “tais práticas não se coadunarem com a doutrina policial.”
“Presume-se que a vítima tenha sido maltratada fisicamente pelos agentes, que, vendo o cidadão em mau estado físico, decidiram entregá-lo ao queixoso”, disse à Angop Mateus Rodrigues, acrescentando que “o homem acabou por falecer momentos depois.”

Mateus Rodrigues endereçou à família enlutada “os mais profundos sentimentos de pesar” e garantiu que “tudo vai ser feito paraapurar os factos e imputar responsabilidades.”

Last modified on sexta, 24 novembro 2017 10:19
. .
.
.