Carta de Noticia de Angola - Sociedade
 
Ultimas Noticias

A ministra da Saúde e os dois secretários de Estado foram hoje vacinados contra a covid-19, em Luanda, no quinto dia desde que foi lançado o programa de vacinação, apelando à população para aderir à vacina.

O ativista e investigador angolano Rafael Marques considerou hoje que a indefinição político-administrativa é um dos fatores na origem dos problemas na vila mineira de Cafunfo e defendeu a criação de um tribunal ou um procurador residente na localidade.

A ministra da Saúde de Angola disse hoje que o país está a trabalhar noutras aquisições da vacina contra a covid-19, com fundos próprios, como a vacina russa.

A mesma fonte do Jornal de Angola, que avançou para hoje a soltura de Joaquim Sebastião, confirmou igualmente que o Serviço de Recuperação de Activos da PGR recuperou os terminais dos portos de Luanda e do Lobito, que estavam entregues à empresa Soportos - Transporte e Descarga, SA, pertencente ao ex-chefe da Casa de Segurança do Presidente da República, general Manuel Hélder Vieira Dias “Kopelipa”, e família.

A Polícia Nacional (PN) prevê criar órgãos de investigação e inteligência, para reforçar o combate ao crime e conformar a sua actuação, no quadro do novo Estatuto Orgânico da corporação, anunciou hoje (quarta-feira) o comandante-geral, Paulo de Almeida.

O ex-director-geral-adjunto para área Administrativa e Financeira do Conselho Nacional de Carregadores (CNC), Eurico Pereira da Silva, confessou nesta quinta-feira, em tribunal, ter recebido de forma ilícita a quantia de 520 mil dólares norte-americanos, no período 2015-2018.

O jovem Jardel Manico, 20 anos, cometeu suicídio por enforcamento na madrugada de quarta-feira, no bairro da Boa Esperança Central, Distrito Urbano do Kicolo, município de Cacuaco, depois de agredido pelo pai da rapariga que engravidou e a quem, segundo dizem os familiares da menor, persuadiu a abortar.

O ex-cônsul da Guiné-Bissau em Luanda Isaac Monteiro morreu no domingo numa clínica da capital angolana, onde se encontrava internado desde terça-feira, quando foi atingido à queima-roupa com três tiros em Viana, disse hoje à agência Lusa fonte diplomática guineense.

Portugal foi, em 2018, o sétimo país da União Europeia (UE) com menos pedidos de asilo, 1.285 no total, a maioria vindos de Angola, num ano em que estas solicitações de ajuda internacional caíram na região.

  1. + LIDOS
  2. Comentarios